Equipamentos

BARRACA 3F UL GEAR – modelo Lanshan 2

Usamos a barraca chinesa 3F UL Gear, modelo Lanshan 2, durante nossas caminhadas pela Pacific Crest Trail em 2019 e pela Patagônia em 2020.

Essa barraca não tem armação e a sustentação é feita com dois bastões de trekking. A-do-ra-mos a barraca. Compramos no AliExpress, “entlegue dileto” em sua casa. É razoavelmente leve, com 1250 gramas incluindo os specs. Projetada para duas pessoas é bem espaçosa.

LRM_EXPORT_166618981304042_20190818_203543570
sustentada por bastões de trekking

Confesso que quando acampamos no Parque Eólico Tehachapi, nos Estados Unidos, ela quase decolou. Até hoje tivemos 2 noites que a barraca desmoronou, além do parque eólico, a outra vez foi em El Chaltén na Argentina. Mas não carregar as pesadas armações durante vários dias, compensou essas duas noites ventosas. O Ramon que o diga…

img-20190531-wa001227353216.jpg
nossa barraca no Parque Eólico Tehachapi

Além disso, compramos o modelo “quatro estações” (classificação informada pelo fabricante). Ou seja, a parede interna não é furada. Sen-sa-cio-nal. Tela de mosquiteiro nunca mais!!! O nosso quartinho ficou infinitamente mais quentinho. Como 99,99% de nossos campings são no frescor de uma montanha, as chances de passarmos calor é mínimo.

LRM_EXPORT_98993646555048_20190718_215053306
tela interna

Observe nas próximas fotos, que é possível ajustar a altura da porta da barraca para que ela fique bem rente ao solo (ideal para as noites mais frias) ou deixar um vão para arejar (no calor).

LRM_EXPORT_148636354828766_20190524_085504918
porta da barraca rente ao chão
LRM_EXPORT_166770753664505_20190818_203817951
acampando em terreno rochoso

O grande desafio desta barraca é mantê-la de pé em terrenos arenosos e rochosos, onde os specs são inúteis. Nesses terrenos a ajuda de pesos, como pedras, será essencial para substituir os specs e manter a barraca estável. Nós já acampamos em cima de rocha e terrenos não muito firmes, mas com generosas pedras para nos ajudar. Deu tudo certo.

Qual o primeiro sinal de “envelhecimento” que a barraca nos sinalizou? Os zíperes. Os zíperes começaram a desalinhar e a emperrar. Não sei ao certo com quantas noites isso começou a acontecer, mas com a ajuda de duas pedras no meio da PCT, apertamos o cursor e conseguimos ir levando. Mas a melhor alternativa é trocar o cursor por um novo, assim que possível. Fizemos isso depois de 127 noites de uso, quando estávamos na Patagônia Argentina.

Esta barraca está atualmente, maio de 2020, com 180 noites de uso (114 noites na Pacific Crest Trail e 66 noites na Patagônia). E continuaremos com ela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.