América do Norte, Califórnia, Estados Unidos

PACIFIC CREST TRAIL #13 – Sierra City (1195 mi) a Truckee (1157mi)

Em 2019 decidimos caminhar um pedacinho da Pacific Crest Trail, uma longa trilha de 4200 km, que percorre a costa oeste norte-americana, e vai do México ao Canadá. Esta trilha ficou popular após ser retratada no filme “Wild”.

O resumo desta caminhada está descrito no post principal “Pacific Crest Trail – nosso pedacinho deste longo caminho“.

Neste relato segue nossa caminhada, pelo centro da Califórnia, sentido Sul, de Sierra City até Truckee, passando por Tahoe National Forest.

Se quiser assistir como foi a trilha, veja o vídeo em nosso canal do YouTube:

Resumo da caminhada

  • País: Estados Unidos
  • Estado: Califórnia
  • Cidades próximas: Sierra City, Truckee, Reno
  • Início: Sierra City
  • Fim: Truckee
  • Distância: 66 km
  • Duração: 4 dias
  • Período: meados de agosto de 2019

Como chegamos

Terminamos nosso décimo segundo trecho, no amigável vilarejo Sierra City.

Como Sierra City fica bem próximo à trilha, não foi necessário a ajuda de carona para retornarmos nossa caminhada. Fomos a pé. Viramos na Wild Plum Road, no início do vilarejo e pegamos um atalho que nos poupou 1 milha de esforço físico.

Clique aqui para voltar ao início do post.

Abastecimento

Início do trecho – Sierra City

No início do trecho, estávamos em Sierra City, uma vila de aproximadamente 250 habitantes. É praticamente uma rua com uma dezena de quarteirões. Há um restaurante que abre durante o dia e outro que abre à noite, um Post Office que funciona das 10 às 14 horas, um pequeno mercado que fecha às 17 horas, algumas hospedagens e uma área de camping para PCT hikers. Mas é um local bem confortável. Há banheiros públicos com chuveiro frio, Wi-Fi gratuito e bom, água potável à vontade e um riacho ao lado do camping. Só faltou uma lavanderia. Tivemos que lavar nossas roupas manualmente.

Final do trecho – Truckee

O final do trecho foi em Truckee, uma cidade de tamanho médio, com um centro charmoso com vários restaurantes e Post Office. A 2 km do centro há outro correio, um supermercado Safeway, loja de artigos esportivos, MCDonald, outros restaurantes e lavanderia. Só não encontramos hospedagem abaixo de USD 130, então acabamos ficando no camping Donner Memorial State Park, que fica a 1 km do MCDonald. O que era para ser um lugar para descansar, acabou sendo muito cansativo. Quando chegamos na cidade caminhamos cerca de 9 km, entre ir ao correio, mercado, banco, restaurante e camping.

Clique aqui para voltar ao início do post.

Roteiro

Fizemos a caminhada em 3 noites e 4 dias, totalizando 77 dias na Pacific Crest Trail, como segue:

  1. 1195 mi (Sierra City) a 1184 mi (Pass Creek)
  2. 1184 mi (Pass Creek) a 1172 mi (Lacey Creek)
  3. 1172 mi (Lacey Creek) a 1165 mi (Paradise Lake)
  4. 1165 mi (Paradise Lake) a 1157 mi (Hwy 80 Truckee)

Abaixo, segue mapa com os pontos azuis onde dormimos:

Dia 1: 1195 mi (Sierra City) a 1184 mi (Pass Creek)

Total
Passamos por
19 km
Tahoe National Forest

Em Sierra City re-encontramos um casal que conhecemos no mercado de Burney, o Ben e a Kara. Eles estão fazendo toda a PCT, mas deixaram a Sierra Nevada para ser a última parte. Talvez a gente se encontre novamente adiante.

Na saída de Sierra City pegamos um atalho, pela Wild Plum Road, para voltarmos à Pacific Crest Trail. Passamos pelo Wild Plum Campground, e começamos a trilha novamente.

Foi um dia de subida leve dentro da floresta com algumas aberturas para paisagem. Também passamos ao lado de um morro coberto de pedra enormes, todas prontas para rolarem declive abaixo.

Paramos para descansar duas vezes. Estamos com o hábito de descansar a cada 2 horas de caminhada. Às vezes descansamos mais, mas nunca descansamos menos. Em nossa segunda parada do dia, começaram a cair gotas do céu. Evento raro. Rapidamente o Ramon montou a barraca e ficamos lá, esperando a chuva passar. Foi rápido, trinta minutos e já estávamos caminhando novamente.

No caminho encontramos várias espigas de pinhão devoradas no chão. Quem será que comeu? Meu chute ficou para os esquilos.

Nossa intenção era acampar em um campground ao lado do reservatório Jackson Meadows, mas o custo de 24 USD nos desanimou.

reservatório Jackson Meadows

Acabamos acampando solitários ao lado do Pass Creek, um afluente de rio bem perto da entrada do campground.

Clique aqui para voltar ao início do post.

Dia 2: 1184 mi (Pass Creek) a 1172 mi (Lacey Creek)

Total
Passamos por
19 km
Tahoe National Forest

O frio chegou. Foi a primeira vez na Pacific Crest Trail que acordamos com nossa barraca condensada por dentro. Preguiçosos, começamos a caminhar por volta das 8h30min.

Dia agradável com céu azul e leves sobe-e-desces com paisagens nos topos. Vista para lagos e montanhas levemente nevadas no horizonte. E muitas flores e borboletas na trilha.

Tahoe National Forest

Alguns trechos de neve estavam com uma cor rosada. É o que eles chamam de Watermelon Snow. Essa cor é uma proteção que as algas produzem contra o Sol.

Watermelon Snow

Acabamos o dia ao lado de uma estrada e do Lacey Creek, um pequeno córrego de água, mas com um bom fluxo. Deu para coletar água para tomar banho e lavar roupa. No final do dia, mais um hiker se juntou a nós, mas preferiu dormir como caubói, sem armar a barraca. Corajoso, teve que aguentar os mosquitos até o anoitecer.

Clique aqui para voltar ao início do post.

Dia 3: 1172 mi (Lacey Creek) a 1165 mi (Paradise Lake)

Total
Passamos por
13 km
Tahoe National Forest

Acordamos e as roupas, que lavamos no dia anterior, ainda estavam úmidas. Foi a primeira vez que isso aconteceu em nossa caminhada pela PCT. Paciência… Fiz trilha com minha camiseta de pijama.

Primeiro trecho do dia parecido com o dia anterior, floresta, paisagens, flores e borboletas. Paramos para lanchar após duas horas de caminhada, à beira de uma estrada de terra. Parou um carro e desceram 3 pessoas e 2 cachorros. Foi ótimo ter encontrado eles, pois recebemos uma informação preciosa: vale um desvio para o Paradise Lake.

Anotamos a dica e seguimos. Tivemos uma bela surpresa no caminho, passamos por um corredor de borboletas. Estávamos atravessando a PCT delas. Centenas de borboletas voando na mesma direção. Uma não conseguiu desviar a tempo e chegou a trombar comigo. Foi impressionante presenciar este fenômeno da natureza. Era a revoada das borboletas.

As borboletas se foram e chegaram os pernilongos infernais. Vários deles. Picando sem dó em cima de nossas roupas. Era ficar parado alguns segundos que dezenas pousavam em nós, ávidos pelo nosso sangue. Neste dia estava usando uma camiseta com ação repelente da UV.LINE e notei que não fui mordida do quadril para cima. Já nas pernas… os mosquitos não tiveram dó.

Seguimos na trilha sem parar e matando os pernilongos com tapas. Quase perdemos a saída para o Paradise Lake. Mas por sorte percebemos a tempo e fomos até o lago. Foi quase 1 ½ km de desvio e valeu muito a pena. Tão a pena que decidimos encerrar a caminhada e acampar por lá.

Paradise Lake

O lago é grande com água cristalina e várias entranhas. O solo de pedra facilita seu acesso e torna agradabilíssimo nadar no Paradise Lake.

mergulhando no Paradise Lake

No meio do lago, algumas ilhotas de fácil acesso, havia até uma barraca em uma das ilhas. Ao lado do lago inúmeras áreas de acampamento, com bom solo e árvores. Na água, inúmeras libélulas azuis deixavam tudo mais encantador.

Libélulas no Paradise Lake

E para finalizar, não havia mosquitos. Com certeza estávamos no paraíso!

Paradise lake 1.jpeg
anoitecendo no Paradise Lake

Clique aqui para voltar ao início do post.

Dia 4: 1165 mi (Paradise Lake) a 1157 mi (Hwy 80 – Truckee)

Total
Passamos por
14 km
Tahoe National Forest

Voltamos para a Pacific Crest Trail, e passamos por um aconchegante refúgio de montanha.

refúgio de montanha na Pacific Crest Trail

Depois a vez foi do Castle Pass, um passo de montanha sem graça, perto do cume do Castle Peak.

Castle Peak

Neste ponto encontramos vários day hikers fazendo este pedaço de trilha. Animados, decidimos tentar carona na Highway 80, próximo dali e de onde estavam vindo os turistas.

A Highway 80 é uma rodovia enorme com muito movimento. Ficamos com dó das borboletas que estavam atravessando a rodovia justamente naquele ponto. Muitas morreram no caminho.

Como todas as rodovias movimentadas que cruzamos, há um túnel por baixo para atravessarmos. Pena que as borboletas não conhecem esse caminho. Passamos pelo túnel e fomos tentar carona na saída do estacionamento, ao lado da rodovia.

Com vinte minutos de espera, e pouco movimento de carros no estacionamento, decidimos desistir da carona e voltar para trilha. Alguns km dali haveria outro lugar para pedirmos carona. E então, antes mesmo de sairmos, parou um carro e nos levou até Truckee. Nunca perca a esperança! A carona não falha na Pacific Crest Trail.

Clique aqui para voltar ao início do post.

Dicas

  • Dicas gerais da Pacific Crest Trail estão no post principal “Pacific Crest Trail – nosso pedacinho deste longo caminho“.
  • É mais fácil conseguir uma carona para Truckee na rodovia 40, milha 1153.
  • Para nós, o desvio até Paradise Lake valeu muito a pena. Se estiver por perto e pensando onde passar a noite, esse lago é uma ótima escolha.

Clique aqui para voltar ao início do post.

Custos

Seguem alguns custos em dólares americanos (USD) e equivalentes em reais (BRL), conforme o câmbio que fizemos.

  • Restaurante, em Sierra City, prato com carne e batatas com refrigerante, individual: $USD 35 ($BRL 138)
  • Lanche, em Sierra City, hambúrguer e sobremesa, individual: $USD 25 ($BRL 98)
  • Mercado pequeno em Sierra City, comida para trilha, média diária individual: $USD 10 ($BRL 40)
  • Restaurante MCDonald, em Truckee, 2 combos: $USD 34 ($BRL 134)
  • Lavanderia, em Truckee: $USD 5 ($BRL 21)
  • Mercado Safeway em Truckee, comida para trilha, média diária individual: $USD 7 ($BRL 27)

Clique aqui para voltar ao início do post.

Dados sabáticos

3979 km trilhados
81 cidades
5 países
2 ano e 2 meses

Clique aqui para voltar ao início do post.

Quer mais?

Nós, Paula Yamamura e Ramon Quevedo, estamos curtindo uma vida sabática desde 2017, focando no que mais gostamos de fazer: viajar caminhando.

Nos acompanhe também em:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.