Chile_Patagonia_Liquine_Puerto Fuy
América do Sul, Chile, Los Ríos

TRAVESSIA HUILO HUILO – caminhando um pouco na Greater Patagonian Trail

.

No verão de 2021 nós, Paula e Ramon, tivemos mais uma temporada na Patagônia, nosso lugar preferido do planeta. Devido às restrições da pandemia do coronavírus, nossa 8ª viagem sabática foi uma jornada tímida de 2 meses percorrendo as trilhas próximas de Pucón, no Chile.

No 49º dia de nossa viagem, depois de subirmos o Vulcão Quetrupillán e passarmos alguns dias em Coñaripe, fomos conhecer a Reserva Biológica Huilo Huilo.

A Reserva Biológica Huilo Huilo é uma área de proteção privada localizada na região de Los Ríos no Sul do Chile. Há várias atrações e atividades nesta reserva. Nós escolhemos realizar uma travessia partindo da cidade de Liquiñe, entrando na reserva Huilo Huilo a partir da Laguna Ancacoigüe (Laguna Corazón), passando pelas Lagunas Quilmo e Chan Chan, e terminando em Puerto Fuy. Essa travessia também faz parte do setor 17H da Greater Patagonian Trail.

Você também pode ver esta trilha em nosso canal do YouTube.


Menu do post

  1. Resumo
  2. Clima
  3. Como chegamos
  4. Relato da trilha
  5. Observações
  6. Custos
  7. Outras fontes
  8. Valeu?

Resumo

  • País: Chile
  • Região: Los Ríos
  • Comuna: Panguipulli
  • Início: Liquiñe
  • Fim: Puerto Fuy
  • Distância total: 37 km
  • Duração: 3 dias
  • Período: final de janeiro de 2021
  • Tracklog: Wikiloc
  • Vídeo do mapa 3D: Relive
  • Previsão do tempo: Windguru

Segue o nosso percurso no mapa e o perfil de elevação.

Greater Patagonian Trail_Huilo Huilo_Liquine_Chile_Patagonia
elevação

Clique aqui para voltar ao menu.


Clima

Na minha opinião, a melhor época para caminhar pelas trilhas desta região é entre janeiro a meados de abril, quando há pouca ou nenhuma neve e as temperaturas estão mais agradáveis. Dependendo da quantidade de neve gerada no inverno de cada ano, é possível que as montanhas estejam nevadas em dezembro, tornando a caminhada em trilhas lenta, difícil e/ou perigosa. Em maio a temperatura cai bastante e a neve ressurge no cenário.

Vale observar que em janeiro é quando tudo fica lotadíssimo, principalmente nas cidades. Se não gostar da multidão, tente evitar a região próximo a esse período.

Deixo aqui o link da previsão do tempo na Laguna Ancacoihue: Windguru.

Para você ter uma ideia, abaixo segue um histórico do clima durante o ano em Liquiñe (fonte MSN).

Mês Temperatura média (ºC) Precipitação máx. (mm)
Janeiro
Fevereiro
Março
Abril
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro
12 a 25
12 a 25
11 a 23
9 a 18
8 a 14
7 a 12
6 a 11
6 a 12
6 a 14
7 a 17
9 a 20
11 a 22
43
36
62
90
146
210
186
164
99
93
72
68

Clique aqui para voltar ao menu.


Como chegamos

Em dezembro de 2020, começamos nossa 8ª viagem sabática pelo aeroporto de Santiago, capital do Chile. Depois de uma noite na grande metrópole, partimos de ônibus para Pucón em uma longa viagem rodoviária de 11 horas.

Ficamos 1 mês na região de Pucón explorando as trilhas arredores e tentando ver o nublado Eclipse Solar Total de 2020.

Depois de curtirmos Pucón, fomos embora a pé até Coñaripe, atravessando o Parque Nacional Villarrica. Ficamos alguns dias  aproveitando a praia de Coñaripe, e depois fomos de ônibus até Liquiñe. Após uma viagem de 33 km e 45 minutos, descemos próximo ao Carabineros de Chile na estrada asfaltada 201CH, onde iniciamos nossa travessia. Em janeiro de 2021 os ônibus saíam de Coñaripe, de segunda a sexta-feira, em vários horários ao longo do dia. Nós saímos de Coñaripe na segunda-feira às 9h15min. Os horários atualizados deste ônibus estão disponíveis no Facebook do Buses Liquiñe.

Clique aqui para voltar ao menu.


Relato

Fizemos a caminhada em 2 noites e 3 dias, como segue:

  1. Liquiñe → Lago Quilmo
  2. Lago Quilmo → Laguna Chan Chan
  3. Laguna Chan Chan → Puerto Fuy

Dia 1: Liquiñe → Lago Quilmo

Distância
Tempo sem paradas
Subida acumulada
Descida acumulada
Altitude máxima
13 km
4h30min
1400 metros
720 metros
1060 metros

Acordamos cedo para pegarmos o ônibus que saía de Coñaripe às 9h15min até Liquiñe. Após uma viagem de 33 km e 45 minutos, descemos em um ponto de ônibus próximo ao Carabineros de Chile, na estrada asfaltada 201CH.

Na esquina com o Carabineros saímos do asfalto e viramos na estrada de rípio T-453, onde começa uma longa subida. Foram 5 km e 500 metros de desnível até Liquiñe Alto, onde encontramos um pequeno e aconchegante café, com uma linda vista para os Vulcões Villarrica e Lanín.

Neste café pagamos uma entrada de $CLP 2000 cada um para termos acesso à trilha da Laguna Ancacoigüe, também conhecida como Laguna Corazón. Depois percebemos que poderíamos ter ido por trás do café, e acessado a Laguna por uma outra trilha, que estava quase fechada pelo mato. Mas até que a parada no café foi bom. Aproveitamos para saborear dois honestos sucos de framboesa e morango, por $CLP 1000 cada um.

A trilha para a Laguna Ancacoigüe é muito bem cuidada. No começo subimos com a vista para os Vulcões, paramos em um mirante para tirar foto, e logo entramos no bosque.

Chile_Patagonia_Liquine
vista do mirante
Chile_Patagonia_Liquine
close para o vulcão Lanín

A trilha é bem curta. Desde o café até a lagoa, acredito que são no máximo 2 km.

Na lagoa não dá para perceber que ela tem o formato de um coração. É possível ver o coração somente com um drone, ou olhando algum mapa, como o MapsMe. A Laguna está cercada por um bosque e é bem agradável, com duas mesas e bancos para o conforto dos turistas. Assim como a trilha, o lugar é muito bem cuidado. Assim vale a pena pagar o ingresso.

Chile_Patagonia_Liquine
Laguna Ancacoigüe/Corazón

Seguimos para a Reserva Biológica Huilo Huilo, que estava no outro lado da lagoa. Foi um pouco confusa essa parte. Encontramos uma cerca de arame delimitando a reserva, e tivemos que nos espremer para passar pela cerca. No lado da reserva havia bons lugares para acampar ao lado da Laguna Corazón, e uma mesa comunitária de madeira bem grande para cozinhar. E em cima da mesa havia restos de uma farra: garrafas de vidro e embalagens de comida vazia. Uma porquice. Tudo isso porque havia um caminho veicular até a lagoa. Onde veículos podem chegar, as chances de encontrar lixo é muito maior.

As trilhas da reserva são indicadas por placas de um passarinho. Havia placas por todos os lugares. Logo que saímos da Laguna Ancacoigüe uma placa indicava um desvio para Chan Chan. Como este desvio não estava mapeado no MapsMe, não tínhamos certeza para onde a trilha iria, então continuamos pelo caminho principal, sentido ao Lago Quilmo.

O caminho até o lago Quilmo foi por um caminho veicular. Encontramos uma família acampando e pescando. Como eles chegaram de carro neste lago, levaram até um caiaque.

Chile_Patagonia_Liquine_Puerto Fuy
família acampando no lago Quilmo

No lago Quilmo há um Lodge bem bacana. Mas em época de pandemia estava fechado. Nós montamos nossa barraca ao lado da casa de madeira, e passamos uma noite bem tranquila. Não sei se com o Lodge aberto, seja permitido acampar por lá.

Chile_Patagonia_
Lodge ao lado do lago Quilmo

Clique aqui para voltar ao menu.

Dia 2: Lago Quilmo → Laguna Chan Chan

distância
tempo sem paradas
subida acumulada
descida acumulada
altitude máxima
7 km
3 horas
660 metros
380 metros
1280 metros

Como não tínhamos muita informação sobre a reserva Huilo Huilo, e havia pouca informação no MapsMe, decidimos acampar neste dia na próxima lagoa que vimos no mapa. Não sabíamos ao certo onde haveria outro lugar para acampar, mas sabíamos que qualquer lagoa tem grande potencial para um acampamento. Com essa estratégia nossa caminhada seria curta.

Levantamos acampamento e nos despedimos da família, que também estava arrumando suas coisas para deixar o Lago Quilmo.

Logo que deixamos o lago, vimos uma placa indicando a trilha para Chan Chan, que seria nossa laguna daquela noite. Mas decidimos ignorar a placa e seguir pelo caminho veicular, que era o caminho indicado pelo MapsMe. A trilha indicada pela placa não estava em nenhum aplicativo e além disso, estava indo na direção oposta à lagoa. Achamos muito estranho. Aliás, o que mais tem nesta reserva, são trilhas, trilhas que surgem em todas as direções.

Seguimos pelo caminho veicular, e menos de 1 km após o lago Quilmo encontramos uma trilha, que é um atalho indicado pelo MapsMe. Seguimos 4 km por este atalho até chegarmos no caminho veicular novamente, mas depois nos arrependemos. Olhando no MapsMe estes 4 km pareciam um atalho, mas na prática, como a trilha é mais fechada, caminhar pelo caminho veicular seria muito mais rápido.

Todo o caminho em si foi bem sem graça para nós. Sem paisagens e com bosques ao redor.

Quando estávamos chegando na Laguna Chan Chan, começamos a ouvir vozes. Deduzimos que era aquela família do lago Quilmo. O curioso é que não vimos o carro deles.

Caminhamos mais 1,5 km e chegamos na Laguna Chan Chan. Pai e filho estavam pescando dentro da lagoa. A mãe lia um livro e as duas crianças menores brincavam na pequena praia em frente à água. Havia lugares para acampar e uma mesa comunitária para cozinhar.

Logo a família foi embora e aproveitamos para tomar um banho, antes do pôr do Sol. O dia estava nublado e não estava muito quente. Mas a temperatura da água da lagoa estava bem agradável.

Chile_Patagonia_Liquine_Puerto Fuy
Laguna Chan Chan

clique aqui para voltar ao menu.

Dia 3: Laguna Chan Chan → Puerto Fuy

Distância
Tempo sem paradas
Subida acumulada
Descida acumulada
Altitude máxima
17 km
5h30min
910 metros
1580 metros
1300 metros

Dia de partir. Fomos embora com a sensação de estarmos caminhando sempre na mesma trilha. Desta vez, priorizamos o caminho veicular. Aprendemos a lição no dia anterior, os atalhos em trilhas não valiam a pena.

Mas em certo momento o caminho veicular sumiu. Uma ponte que cruzava um riacho caiu. A partir deste ponto seguimos por uma trilha e descemos até o lago Pirihueico.

Chile_Patagonia_Liquine_Puerto Fuy
atravessando a ponte

Como sempre a caminhada foi rodeada de bosques, e somente quando estávamos quase chegando no lago é que tivemos uma vista dele.

Chile_Patagonia_Liquine_Puerto Fuy
vista do lago Pirihueico

Na beira do lago encontramos mais um acampamento, o camping Pozo de Oro. O lugar era bem agradável. Fiquei com muita vontade de ficar por lá, mas o clima não estava contribuindo. A última previsão que vimos indicava chuva somente à noite e no dia seguinte. A previsão errou um pouco. Quando chegamos no Pozo de Oro começou um chuvisco, que não parou mais. Então decidimos ir embora.

Chile_Patagonia_Liquine_Puerto Fuy
lago Pirihueico

Seguimos margeando o lago, em pequenos sobe-e-desces, até que vimos a civilização. Primeiro foram veículos, depois várias barracas ao lado do lago, e enfim o Puerto Fuy com seu pequeno povoado.

Naquela altura nossos calçados “impermeáveis” estavam deixando a água entrar. Meus pés estavam começando a ficarem frios.

Vimos um ponto de ônibus e uma pequena fila de pessoas. Conversando com elas, fomos informados que o último ônibus do dia estava chegando. Não deu nem 10 minutos e o ônibus chegou. Ufa! Foi por pouco que não perdemos o transporte.

Também nos falaram que a previsão era de uma semana inteira de chuva. Então decidimos seguir até o ponto final, na cidade Panguipulli, a principal cidade daquela comuna. E para nossa surpresa, também descobrimos que a aquela comuna iria começar uma quarentena aos finais de semana. Era uma quinta-feira, e decidimos sair da comuna no dia seguinte.

Avaliando nossa situação, vimos que várias Comunas entrariam em quarentena, e que a hospedagem mais barata para passar a semana de chuva seria em Santiago. Então para lá fomos. E considerando todo o cenário, decidimos ir embora do Chile. Aproveitamos o que foi possível em Pucón, e percebemos que estávamos começando a caçar qualquer trilha para passar o tempo. Já era hora de partir, e encerrar mais uma viagem em nosso querido e belo Chile.

Clique aqui para voltar ao menu.


Observações

  • Existe uma cerca dividindo a Laguna Corazón. De um lado fica a Reserva Huilo Huilo e do outro lado fica a propriedade privada da cafeteria. Nós acabamos pulando a cerca, mas vale a pena estudar se há outra alternativa para passar à Reserva Huilo Huilo.
  • Para quem gosta de pescar, leve uma vara. Vimos uma família pescando no Lago Quilmo e na Laguna Chan Chan.
  • Caso queira se aventurar nesse destino, te desejo boa sorte, ou bons ventos como estão dizendo por aí ultimamente. Lembrando que cada um tem que se auto-avaliar para entender se tem condições físicas, psicológicas e técnicas para se enfiar na natureza. O que é fácil e divertido para alguns, pode ser um grande desafio e chato para outros.

Clique aqui para voltar ao menu.


Custos

Seguem alguns custos em pesos chilenos (CLP) e equivalentes em reais (BRL), conforme o câmbio local e preço da época (janeiro de 2021).

  • Camping 7 Lagos, em Coñaripe, diária individual: $CLP 5.000 ($BRL 28)
  • Refeição em restaurante, em Coñaripe, Truta a Lo Pobre, individual: $CLP 6.800 ($BRL 38)
  • Comida para trilha, mercado em Coñaripe, média diária individual: $CLP 3.733 ($BRL 21)
  • Ônibus, de Coñaripe até Liquiñe, individual: $CLP 2.000 ($BRL 11)
  • Entrada para a trilha Laguna Corazón, individual: $CLP 2.000 ($BRL 11)
  • Ônibus, de Puerto Fuy até Panguipulli, individual: $CLP 2.000 ($BRL 11)
  • Hospedagem, em Panguipulli, diária casal, quarto com banheiro privado: $CLP 30.000 ($BRL 169)
  • Ônibus, de Panguipulli até Santiago, individual: $CLP 15.000 ($BRL 85)

Cotação comercial em 27/01/2021:
$USD 1,00 = $BRL 5,41 = $CLP 738,33

Clique aqui para voltar ao menu.


Outras fontes

Está fazendo uma pesquisa para sua viagem? Sempre é bom ler mais de um website. Deixo abaixo alguns links que encontrei sobre esta travessia e a Reserva Biológica Huilo Huilo.

Site Oficial da Reserva Biológica Huilo Huilo

Greater Patagonian Trail 17H – Liquiñe – Wikiexplora

Roteiro Huilo Huilo, Chile: o que fazer em 2, 3 e 4 dias na reserva | Um Viajante

Ônibus de Coñaripe a Liquiñe – Facebook Buses Liquiñe


Este post vale 1 real?

Nos ajude a pagar a hospedagem deste site e mantê-lo vivo.

Qualquer doação é bem-vinda!

Se quiser nos ajudar, com qualquer valor, poderá usar a nossa chave Pix: doe@mochilaosabatico.com. Ou usar o botão do PayPal abaixo.😉

R$1,00


Encontrou algum erro de gramática neste post? Me avise comentando abaixo. Obrigada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.