Argentina, Chubut

LOS ALERCES – arredores do lago Futalaufquen

Depois de 2 semanas nos arredores de Pampa Linda, descansamos alguns dias em Bariloche e partimos para outro parque nacional argentino: o Parque Nacional Los Alerces.

O Parque Nacional Los Alerces está localizado no oeste da província de Chubut na Argentina. Possui uma área de 259.570 hectares pertencentes aos Bosques Patagônicos.

Há vários locais de acampamento no Parque Nacional Los Alerces. Um ônibus que vai de Esquel ao Lago Puelo, cruza todo o parque parando próximo de vários campings. Em nossa estadia no parque acampamos em dois lugares, sendo que o primeiro foi na Villa Futalaufquen.

Nossa primeira trilha foi a etapa 39 da Huella Andina, que liga os lagos Futalaufquen e Krügger, passando pela Playa Blanca. Infelizmente o trecho entre Playa Blanca e lago Krügger estava fechado pelo guarda parque, devido caídas de árvores. Então acampamos na playa Blanca, não sendo possível terminar esta etapa da Huella.

No outro dia, fomos conhecer a laguna Larga.

Ambas as atrações ficam próximas da Villa Futalaufquen.

Como chegamos

No terminal de ônibus de Bariloche pegamos um ônibus até a cidade de Esquel, há vários horários de saída para esta rota.

Em Esquel nos hospedamos duas noites, para nos organizarmos, antes de irmos para o parque. Uma noite na La Posada e a outra em um camping próximo à rodoviária.

Para chegar ao parque, há um ônibus saindo todos os dias no terminal somente às 8h00. Depois de uma hora no ônibus, chegamos na primeira parada, que é a cobrança de entrada ao parque.

Mais 15 minutos e descemos na Villa Futalaufquen, onde há um Centro de Informações Turística, camping, mercado, guarda parque… enfim, tudo. Descemos nesta vila e nos acomodamos no camping Los Maitenes.

Resumo do trekking

  • País: Argentina
  • Cidade: Esquel
  • Início: Villa Futalaufquen
  • Fim: Villa Futalaufquen
  • Distância total: 42 km
  • Duração: 3 dias
  • Subida acumulada: 2850 metros
  • Descida acumulada: 2850 metros
  • Altitude máxima: 1080 metros
  • Tracklog: Wikiloc Playa Blanca, Wikiloc Laguna Larga
  • Período do trekking: final de fevereiro de 2019
  • Dificuldade: Moderada

Roteiro

Fizemos o trekking em 2 noites e 3 dias, como segue:

  1. Villa Futalaufquen – playa Blanca
  2. Playa Blanca – Villa Futalaufquen
  3. Villa Futalaufquen – laguna Larga – Villa Futalaufquen

Dia 1: Villa Futalaufquen – playa Blanca

Total percorrido
Tempo sem paradas
Subida
Descida
Altitude máxima
Dificuldade
15 km
5h15min
1000 metros
1000 metros
1080 metros
Moderada

Segue a elevação do dia 1.

dia 1

Saímos do camping e fomos direto ao guarda parque para registrar o início de nossa trilha. Eram 10h20min e a pessoa que nos atendeu, nos falou que estávamos atrasados para iniciar a caminhada. A hora limite era às 10 horas. Como poderíamos adivinhar que havia horário limite… Choramos e conseguimos uma exceção. Ufa… por 20 minutos sermos impedidos de fazer a trilha, seria muita crueldade.

Aliviados, saímos em direção ao lago Futalaufquen e ao Puerto Limonao. Boa parte da trilha segue beirando o lago e árvores.

Antes de chegarmos no Puerto Limonao, passamos por uma praia, por outro porto e pela entrada da trilha até o lago Krügger.

Seguimos em direção ao lago Krügger, beirando o lago. Passamos por um hotel e seguimos em uma tranquila trilha com leve subida.

Quando a trilha começa a se afastar do lago, a inclinação fica mais pronunciada. E consequentemente, a paisagem fica mais interessante. Fomos subindo, e a vista do lago foi se abrindo. Infelizmente a vista de árvores queimadas também prevalece. Um incêndio florestal tomou o Parque Nacional Los Alerces em 2014.

Continuamos a trilha que segue na floresta em um mini-vale no quase topo da montanha. Cruzamos a montanha para o outro lado, em um local chamado de Portezuelo. E então surgem montanhas chilenas nevadas no horizonte. Abaixo o lago Futalaufquen e o lago Menéndez. Também foi possível reconhecer a playa Blanca, onde iríamos acampar. Bela vista. A mais bonita da trilha.

Apesar do incêndio, a vegetação também foi destaque. Um mato bem avermelhado chamava a atenção. E no final do dia ainda tivemos os arrayanes no caminho, minha árvore predileta.

De lá foi uma descida bem inclinada até a playa Blanca. Uma praia com um bom trecho de areia e com local de acampamento em um canto.
Junto com nós, mais um casal completou a trilha e também acampou na playa Blanca.

No fim da tarde ainda recebemos a visita do guarda parque, que chegou de lancha, querendo checar nosso registro de trilha. Foi a primeira vez nesta viagem que tivemos um monitoramento de um guarda. Bem que ele podia voltar no dia seguinte para nos dar uma carona lacustre.

Se quiser assistir como foi a trilha, veja em nosso canal do YouTube:


Dia 2: playa Blanca – Villa Futalaufquen

Total percorrido
Tempo sem paradas
Subida
Descida
Altitude máxima
Dificuldade
15 km
5h15min
1000 metros
1000 metros
1080 metros
Moderada

Segue a elevação do dia 2.

dia 2

Retorno à Villa Futalaufquen, pelo mesmo caminho do dia anterior.


Dia 3: Villa Futalaufquen – laguna Larga -Villa Futalaufquen

Total percorrido
Tempo sem paradas
Subida
Descida
Altitude máxima
Dificuldade
12 km
3h15min
740 metros
740 metros
850 metros
Leve Moderada

Segue a elevação do dia 3.

laguna larga

Caminhada dispensável no Parque Nacional Los Alerces. O acesso à laguna Larga é em rua de ripio, e a caminhada é bem monótona. Não vimos praia nesta laguna, como caminhantes achamos-a bem desinteressante. Para pesca talvez valha a pena.


Dicas

  • Comece a trilha o mais cedo possível, para evitar o forte Sol.
  • Antes de dezembro e depois de maio, é importante passar no guarda parque para saber como estão as condições da trilha, principalmente sobre a neve.
  • A melhor época é de janeiro à abril, quando o verão derreteu a neve, tornando a caminhada mais agradável. Vale observar, que janeiro é altíssima temporada e as cidades estarão lotadas e caras. Em abril, haverá a oportunidade de apreciar as cores do outono chegando, mas será um mês mais frio para se banhar nos lagos e rios.
  • Para ir até a playa Blanca não esqueça de se registrar até às 10 horas no Centro de Informações. No nosso caso, o guarda parque foi de lancha até a playa Blanca conferir nosso registro.

Custos

Até este momento de nossa Exploração Argentina 18/19, gastamos uma média individual de R$ 88 por dia.

Seguem alguns custos em pesos argentinos (ARS) e equivalentes em reais (BRL), conforme o câmbio que fizemos.

Transporte

  • Ônibus de Bariloche a Esquel, individual: $ARS 690 ($BRL 71)
  • Ônibus de Esquel à Villa Futalaufquen, individual: $ARS 150 ($BRL 15)

Hospedagem

  • Pousada La Posada, em Esquel, diária casal com café da manhã: $ARS 2000 ($BRL 206)
  • Camping Millalen, em Esquel, diária individual: $ARS 20 ($BRL 21)
  • Camping Los Maitenes, no Parque Nacional Los Alerces, diária individual: $ARS 250 ($BRL 26)

Cotação comercial em 20/2/2019:
$USD 1,00 = $BRL 3,72 = $ARS 39,86

Dados sabáticos

2520 km trilhados
61 cidades
4 países
1 ano e 8 meses

Quer mais?

Nós, Paula Yamamura e Ramon Quevedo, estamos curtindo uma vida sabática desde 2017, focando no que mais gostamos de fazer: viajar trilhando.

Nos acompanhe também em:

 

Anúncios

2 comentários em “LOS ALERCES – arredores do lago Futalaufquen”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.